12 de março de 2013

Who's the loser now?

Demi Lovato, Justin Bieber, Selena Gomes, Jennifer Lawrence, e muitos outros astros da nossa geração sofreram bullying na adolescência  e hoje as pessoas que os machucavam com suas palavras e ações, assistem o sucesso deles. Eu não sei o que eles pensam quando lembram do que fizeram, mas tenho certeza que não deve ser um sentimento nada agradável.
Este post é em especial para você que sofre ou já sofreu bullying, agressão não é a melhor resposta, na verdade o seu sucesso será a melhor vingança. Seja tudo aquilo que eles dizem que você não será, faça tudo aquilo que eles dizem que você não é capaz de fazer, e nunca, nunca pense em suicídio como a melhor saída. Dois erros não fazem um acerto.

Assistam e compartilhem este vídeos, com seus amigos, colegas e faça com que essa mensagem chegue longe. Agradeço a Natasha Capatto por ter feito com que esse vídeo chegasse até nós.



Faça parte da nossa equipe!

Olá pessoal, a campanha I Love Myself está crescendo e a nossa equipe também precisa crescer, por isso estamos disponibilizando a vocês a oportunidade de fazer parte da nossa campanha.
Para participar é fácil, você só precisa mandar um email para: contact.ilovemyself@gmail.com, com um pequeno texto (escrito por você) sobre bullying ou distúrbios alimentares. Temos duas vagas disponíveis para colaboração em textos. Não há data limite para mandar os emails, avisaremos quando a equipe estiver completa.

Stay Strong,


I Love Myself Campaing.




9 de março de 2013

Cartilha do Bullying - saiba mais!



Olá pessoal! Me chamo Thainá e sou a mais nova colaboradora da campanha I Love Myself. Esse é o meu primeiro post no blog, então espero que vocês gostem. Hoje vou falar sobre um assunto muito importante e que a cada dia vem sendo mais trabalhado entre os jovens, principalmente nas escolas. Mas nem sempre foi assim. Bullying. Você obviamente já deve ter escutado falar sobre esse termo, que é usado para descrever qualquer tipo de agressão física ou psicológica, praticado por alguém, contra outra pessoa, de forma abusiva e repetidamente. 

A alguns anos atrás, quase ninguém falava sobre bullying. Aliás, quase ninguém sabia o que era bullying. Muitos jovens passaram por experiências desagradáveis e nem ao menos tinham um apoio, porque a maioria das pessoas eram leigas sobre esse assunto. Mas com o passar do tempo e com a intensificação do problema, se viram obrigados a falar sobre o bullying, e o mais importante: conscientizar as pessoas sobre esse mal que atinge milhares de jovens no mundo. 

Por isso, se você passa por alguma situação assim, já passou, ou conhece alguém que está passando, saiba que você não está sozinho! Em 2010, o CNJ lançou uma cartilha de autoria da psiquiatra Ana Beatriz Barbosa Silva, onde trás perguntas e respostas que ajudam o leitor a se esclarecer e aprender a tratar o problema. Achei bem legal, e queria compartilhar com vocês! Para ter acesso à cartilha, clique aqui.

O Bullying é um mal que podemos e devemos combater! A partir de agora, vamos ficar mais atentos em nossas escolas, e ajudar tantos jovens que sofrem.